Vereadores e vereadoras anunciam pré-candidaturas e trocas partidárias

por Paulo Torres publicado 11/03/2020 11h32, última modificação 11/03/2020 11h32
A sessão da Câmara na segunda-feira, dia 9, teve anunciadas por vários vereadores e vereadoras as mudanças partidárias e intenções eleitorais nas eleições de 4 de outubro, com a vereadora Janice Salvador anunciando sua pré-candidatura a prefeita de Toledo. Falando no Grande Expediente, Janice, que está em seu primeiro mandato, disse que é pré-candidata ao Executivo de Toledo e o objetivo é inserir as mulheres no processo de discussão e sentar à mesa para tomar as decisões também. Já a vereadora Marly Zanette anunciou sua saída do PSC e ida para o Partido Verde, mesma sigla anunciada como destino pelo presidente da Câmara, Antônio Zóio, enquanto a vereadora Marli do Esporte anunciou sua saída do PC do B e Leandro Moura do PSC, entre outros.
Vereadores e vereadoras anunciam pré-candidaturas e trocas partidárias

Sessão de segunda-feira teve anúncios de planos políticos de vários vereadores e vereadoras

A sessão da Câmara de Toledo na segunda-feira, dia 9 de março, teve anunciadas por vários vereadores e vereadoras as mudanças partidárias e intenções eleitorais nas eleições de 4 de outubro, com a vereadora Janice Salvador anunciando sua pré-candidatura a prefeita de Toledo. Falando no Grande Expediente, Janice, que está em seu primeiro mandato, disse que é pré-candidata ao Executivo de Toledo e o objetivo é inserir as mulheres no processo de discussão e sentar à mesa para tomar as decisões também. Já a vereadora Marly Zanette anunciou sua saída do PSC e ida para o Partido Verde, mesma sigla anunciada como destino pelo presidente da Câmara, Antônio Zóio, enquanto a vereadora Marli do Esporte anunciou sua saída do PC do B juntamente com seu grupo político, sem anunciar sua sigla de destino.

Usando a tribuna no Grande Expediente, Janice Salvador - até então filiada ao PSDB, por onde chegou a disputar o cargo de vice-prefeita em coligação com o PP do então candidato João Poletto -, disse que não escreveu nada sobre o Dia Internacional da Mulher, comemorado no domingo, afirmando que vê a data como um dia de luta feminina. A vereadora relatou que no dia 8, domingo, participou de dois eventos, sendo um deles na Escola Municipal Egon Werner Bercht, na Vila Industrial, onde esteve pela manhã e à tarde, quando também participou a vereadora Marli. Janice disse que lá defendeu que desde pequenos devemos nos preocupar em trabalhar em prol da comunidade, falando ainda da importância das mulheres participarem deste processo e a partir disso esteve refletindo. “Se fazemos um esforço tão grande para dizermos às mulheres para participarem, pois são mais de 50% da população e nos legislativos país afora ainda são minoria, porque nós mesmas não participamos?”, disse a vereadora, anunciando a pré-candidatura. Para ela esta é uma maneira de inserirmos as mulheres no processo de discussão e sentarmos à mesa para decidirmos. A vereadora também falou posteriormente de sua filiação ao DEM, juntamente com o vereador Gabriel Baierle, que anunciou que deixa o PTB.

Já a vereadora Marly Zanette comentou sua ida para o PV afirmando que segue sendo a mesma pessoa mas numa sigla que defende o meio ambiente, um interesse que sempre teve, desde a infância. Marli do Esporte por sua vez ao anunciar na tribuna sua saída do PC do B comentou que comunicou na segunda-feira a desfiliação após cinco anos, apontando haver dificuldade de formação de chapa numa cidade que não reconhece algumas siglas ou acha que comem crianças. Disse que anuncia seu destino em breve mas criticou o que chama de partido “desladado”, como classificava o ex-vereador Wilmo Marcondes sobre políticos, afirmando que nestes não entra, pois “é tudo bandido”. Ela disse porém que ninguém deve interpretar sua saída como se fosse mudar, afirmando que está devendo o apartamento onde mora até os 84 anos, continua com seu mesmo carro, de bermuda e chinelo, “como sempre gostei”. Ela disse que quer mostrar, principalmente para as mulheres, que “não é porque algumas pessoas fazem desta forma que você vai mudar”, comentando que todos que entraram com ela no PC do B vão migrar junto, acrescentando que não leva nenhuma vantagem, pois “a gente faz política gastando, é diferente de partidos onde faz política ganhando” e que não muda “um voto do que fiz aqui nestes três anos”. A vereadora disse que vem candidata à reeleição, ao Executivo de maneira nenhuma, pretendendo seguir bem tranquila, pois se aposenta no final do ano, comentando ainda que com as normativas federais criadas muitos partidos vão desaparecer porque não vão conseguir manter diretórios e que nos próximos dias vai definir seu rumo.

O vereador Leandro Moura anunciou na sessão da Câmara sua saída do PSL, lembrando sua entrada em 2014 quando o deputado Adelino Ribeiro era presidente estadual. Leandro lembrou o trabalho na executiva de 2014 a 2016 para estruturação do PSL, afirmando que houve boa adesão por trabalho humilde feito com pessoas humildes mas com vontade de trabalhar. Por isto em 2016 o PSL conseguiu eleger três vereadores, num mérito não apenas executiva provisória de que também fazia parte, mas filiados e candidatos, que vestiram a camisa, trabalharam, como na maioria dos partidos, mas numa campanha franciscana, onde o que mais gastou foi sola de sapato. Leandro comentou que houve algumas dificuldades após a campanha, as quais atribuiu ao fato de não ter sido liberada a criação de diretório local, a qual buscou várias vezes junto à executiva estadual, mas não teve êxito. Comentou porém que foram três anos com três vereadores, mas sem autonomia e mando e por isto tomou a decisão de ir para partido com diretório, tendo recebido convite do MDB, PL, PV, do próprio PT, entre outros, mas sua decisão foi pelo partido Patriota, que tem como presidente estadual Evandro Romann, deputado federal de Cascavel. Disse que novamente pretende um trabalho humilde mas com muita vontade de trabalhar, buscando pessoas do bem, com histórico de ficha limpa, trabalhadoras, honestas e com certeza os que conseguirem se eleger serão bons vereadores, pois antes de bom vereador deve-se ser bom pai de família, bom irmão, bom vizinho. Para ele sem coligação há mais dificuldade de fechar chapa mas a sigla tem potencial para fechar três vereadores, como no antigo PSL.

O vereador Antônio Zóio e a vereadora Marly Zanette também anunciaram suas saídas do PSL e suas filiações ao Partido Verde-PV. O vereador Zóio disse na tribuna que o presidente Chico autorizou sua filha como presidente do Diretório do PV, apontando que foram alcançados 215 filiados em seis meses, sendo 87 pré-candidatos a vereador. “Com certeza será um prazer disputar a eleição com o PV”, afirmou o vereador. Já o vereador Leoclides Bisognin usou a tribuna para se “desculpar”. Não vou trocar, estou no MDB há 44 anos e acho que tão bom quanto os outros, disse o vereador, comentando ainda as manifestações dos colegas sobre candidaturas. O decano dos vereadores disse que fez uns cálculos a partir das afirmações feitas e concluiu que Toledo já tem 53 vereadores eleitos.

O prazo final da chamada “janela partidária” - a troca de partido sem perda de mandato -, é até 3 de abril, data após a qual a Câmara de Toledo deve reorganizar as Comissões Permanentes visando manter a proporcionalidade entre as bancadas e partidos de acordo com a nova realidade partidária surgida.

Confira no vídeo a íntegra da sessão de segunda-feira

GRANDE EXPEDIENTE  (Ordem de manifestação dos oradores)

1. Janice Salvador

2. Leandro Moura

3. Leoclides Bisognin

4. Marcos Zanetti

5. Marli do Esporte

6. Marly Zanete

7. Olinda Fiorentin

8. Pedro Varela

9. Renato Reimann

10. Vagner Delabio

11. Valtencir Careca

12. Walmor Lodi

13. Ademar Dorfschmidt

14. Airton Savello

15. Antonio Zóio

16. Corazza Neto

17. Edmundo Fernandes

18. Gabriel Baierle

19. Genivaldo Paes

 

COMUNICAÇÕES PARLAMENTARES (Ordem de Manifestação)

LÍDERES DE BANCADAS, DO GOVERNO E DA OPOSIÇÃO

1. Airton Savello Líder do Bloco União por Toledo

2. Leandro Moura Líder do PSL

3. Ademar Dorfschmidt Líder do Bloco A Voz do Povo

4. Renato Reimann Líder do PP

5. Janice Salvador Líder de Governo

6. Marli do Esporte Líder de Oposição

7. Marcos Zanetti Líder do Bloco Independente

8. Walmor Lodi Líder do Bloco Toledo acima de Todos

 

PARLAMENTARES

1. Marli do Esporte

2. Marly Zanete

3. Olinda Fiorentin

4. Pedro Varela

5. Renato Reimann

6. Vagner Delabio

7. Valtencir Careca

8. Walmor Lodi

9. Ademar Dorfschmidt

10. Airton Savello

11. Antonio Zóio

12. Corazza Neto

13. Edmundo Fernandes

14. Gabriel Baierle

15. Genivaldo Paes

16. Janice Salvador

17. Leandro Moura

18. Leoclides Bisognin

19. Marcos Zanetti

 

error while rendering plone.comments