Sessão aprova utilidade pública da Setta e vota contribuição por obras na Pioneiro

por Paulo Torres publicado 17/11/2020 15h05, última modificação 20/11/2020 15h41
A sessão da Câmara de Toledo na segunda-feira, dia 16, votou e aprovou em turno final por unanimidade o Projeto de Lei nº 107, que declara de utilidade pública a Sociedade Esportiva de Tiro com Arco–Setta, de autoria dos vereadores Gabriel Baierle e Marli do Esporte. A sessão também votou e aprovou, em primeiro turno, o Projeto de Lei nº 95, que dispõe sobre a instituição e a cobrança de Contribuição de Melhoria em decorrência das obras na Rua Navílio Donassolo, na Vila Pioneiro. A sessão também contou com as presenças do prefeito eleito nas eleições de domingo, dia 15, Beto Lunitti, ao lado de seu vice, Ademar Dorfschmidt, além dos vereadores eleitos Beto Scain (MDB), Chumbinho Silva (PP) e Gilson Francisco (Cidadania).
Sessão aprova utilidade pública da Setta e vota contribuição por obras na Pioneiro

Prefeito eleito veio à sessão da Câmara, cumprimentou a Mesa (no detalhe) e demais vereadores e recebeu espaço na tribuna

A sessão da Câmara de Toledo na segunda-feira, dia 16 de novembro, votou e aprovou em turno final por unanimidade o Projeto de Lei nº 107, que declara de utilidade pública a Sociedade Esportiva de Tiro com Arco–Setta. O projeto é de autoria dos vereadores Gabriel Baierle e Marli do Esporte e com sua aprovação segue ao Poder Executivo na forma de autógrafo para sanção ou veto. A sessão também contou com as presenças do prefeito eleito Beto Lunitti, que recebeu 23.808 votos nas eleições de domingo, dia 15, ao lado de seu vice, Ademar Dorfschmidt, além dos vereadores eleitos Beto Scain (MDB), Chumbinho Silva (PP) e Gilson Francisco (Cidadania) e do ex-presidente da Câmara, Wilmo Marcondes, além de várias lideranças e populares.

A vereadora Marli do Esporte, no debate da proposição para sua apreciação em primeiro turno, lembrou que em 2013, quando era secretária de Esporte e Lazer, havia dificuldades no uso do Centro Esportivo pelos praticantes de tiro com arco e o falecido professor Claus Fuchs auxiliava. A vereadora destacou o empenho de esportistas da Setta como João Muraro, Alexandre e Edna Gonçalves na época, apontando que a entidade trouxe para Toledo provas de tiro com arco como o Campeonato Paranaense e o Campeonato Brasileiro, sendo realizados no modo indoor e no Estádio 14 de Dezembro. Toledo hoje é referência na modalidade e a entidade realiza trabalho com crianças autistas e crianças carentes, apontou a vereadora, agradecendo ao vereador Gabriel por permitir sua participação no projeto de declaração de utilidade pública da Setta.

Gabriel Baierle por sua vez destacou no debate o excelente trabalho da Setta no tiro com arco, afirmando que seus esportistas hoje disputam provas a nível estadual e nacional. O vereador comentou que a modalidade não é tão conhecida em Toledo mas tem pessoas de ponta, destacando que a Setta conseguiu um espaço adequado para sua modalidade e ainda desenvolve um importante trabalho com as crianças do Florir Toledo. Gabriel Baierle disse que a Setta, após a utilidade pública municipal, vai buscar a utilidade pública estadual para assim ter acesso aos recursos do Nota Paraná para suas atividades. Gabriel Baierle disse que a Setta hoje é motivo de orgulho para Toledo e inclusive possui árbitros nacionais na modalidade.

A sessão também votou e aprovou, em primeiro turno, o Projeto de Lei nº 95, que dispõe sobre a instituição e a cobrança de Contribuição de Melhoria em decorrência da execução de obras públicas pelo Município de Toledo. Pela proposição fica instituída a cobrança de Contribuição de Melhoria em decorrência da execução, pelo Poder Público municipal, das obras de pavimentação asfáltica, meio-fio, galerias de águas pluviais e calçada na Rua Navílio Donassolo, no trecho compreendido entre as Ruas Capitão Leônidas Marques e Dalmes Fernando Pastorio, localizadas no bairro Vila Pioneiro. O custo total das obras está orçado em R$ 446.693,67.

 

Créditos para livros e Samu UPA

Na sessão de segunda-feira também foi lido, iniciando assim sua tramitação, o Projeto de Lei nº 110, do Poder Executivo, que “autoriza o Executivo municipal a abrir crédito adicional suplementar no orçamento-programa do Município de Toledo, para o exercício de 2020”. Pela proposição o Executivo fica autorizado a abrir crédito adicional suplementar de R$ 416.465,79 no orçamento-programa do Município de Toledo. Segundo a justificativa do prefeito Lucio de Marchi na Mensagem n° 84 ao presidente da Câmara, Antônio Zóio, os créditos visam

adequação do orçamento da Secretaria da Educação para aquisição de livros de diversas editoras, para atualização e ampliação do acervo dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e das Escolas Públicas Municipais e adequação do orçamento da Secretaria da Saúde, para atender despesas com o Contrato de Rateio nº 133/2020 - Samu UPA.

 

Confira todas as proposições da sessão de segunda, dia 16

error while rendering plone.comments