Empresários visitam Câmara e anunciam investimento de R$ 10 mi

por Paulo Torres publicado 10/08/2020 15h10, última modificação 12/08/2020 10h16
O presidente da Câmara de Toledo, Antônio Zóio, recebeu a visita na segunda-feira, dia 10, dos empresários Sergio Bolson e Benir Rotta, os quais informaram investimentos de R$ 10 milhões que estão sendo feitos em Toledo com geração de 350 novos empregos. Os investimentos envolvem a aquisição da antiga sede do laticínio dos Rotta, atrás do Centro de Eventos, e ampliação de atividades do Frigorífico Bolson, com a duplicação da capacidade de abate e diversificação de cortes de suínos, ampliando as opções aos consumidores de Toledo e do Paraná.
Empresários visitam Câmara e anunciam investimento de R$ 10 mi

Sergio Bolson (esq.) com o presidente Antônio Zóio e Benir Rotta no Gabinete da Presidência

 

 

 

O presidente da Câmara de Toledo, Antônio Zóio, recebeu a visita na segunda-feira, dia 10, dos empresários Sergio Bolson e Benir Rotta, os quais informaram investimentos de R$ 10 milhões que estão sendo feitos em Toledo com geração de 350 novos empregos. Os investimentos envolvem a aquisição da antiga sede do laticínio dos Rotta, atrás do Centro de Eventos, e ampliação de atividades do Frigorífico Bolson, com a duplicação da capacidade de abate e diversificação de cortes de suínos, ampliando as opções aos consumidores de Toledo e do Paraná. “É uma visita de grande importância para a Câmara de Vereadores, que está sempre à disposição em termos de projetos de leis e aquilo que puder ajudar para gerar mais empregos e riquezas para a nossa cidade”, comentou o presidente da Câmara de Toledo Antônio Zóio.

Sergio Branco Bolson atua há 20 anos na área frigorífica através do Frigorífico Bolson e ao lado da esposa Alda Rosa Prada Bolson e com apoio do filho e diretor Sergio Prada Bolson quer marcar os 21 anos de atuação com a ampliação dos negócios. Além do investimento de cerca de R$ 4 milhões na aquisição do antigo laticínio de Rotta o projeto prevê a sua adequação para a área frigorífica, onde o empresário contava com planta industrial na saída de Toledo para São Pedro do Iguaçu, gerando 170 vagas. Com a nova unidade e investimentos de cerca de R$ 6 milhões a capacidade de abate dobrará, passando de mil suínos por dia para 2 mil animais diários, gerando mais 350 empregos.

O projeto deve resultar na ampliação da oferta de cortes suínos, como paleta, lombinho e pernil, entre outros, além de viabilizar a expansão do leque de produtos, com a produção de linguiça toscana e frescal, entre outros, agregando valor à produção. Sergio Bolson estima que os investimentos vão gerar uma movimentação mensal de R$ 15 milhões e para sua concretização toda uma série de melhorias está sendo providenciada, como adequação da estrada e as próprias instalações, transformadas das necessidades do laticínio para as do frigorífico. Os planos porém vão além e têm base em ações e investimentos que vão viabilizar a inspeção federal – o SIF -, lançando

o Frigorífico Bolson numa nova realidade a partir da experiência acumulada e investimentos em andamento, além de incluir contatos com indústria mundial que pode distribuir parte da produção.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.