Câmara de Toledo homenageia Osório Furlan com silêncio na sessão

por Paulo Torres publicado 29/06/2020 18h25, última modificação 30/06/2020 12h14
A sessão da Câmara de Toledo na segunda-feira, dia 29, homenageou com um minuto de silêncio o empresário Osório Furlan, que faleceu no domingo, em São Paulo, de causas naturais. O empresário Osório Henrique Furlan, ex-diretor da Sadia, era pai do presidente do Grupo de Líderes Empresariais (Lide) e ex-ministro do Desenvolvimento Industrial e Comércio Exterior no governo Luiz Inácio Lula da Silva, Luiz Fernando Furlan. A homenagem na sessão da Câmara de Toledo foi solicitada pelo vereador Leoclides Bisognin, lembrando sua atuação na Sadia e a chegada da empresa em Toledo nos anos 60.
Câmara de Toledo homenageia Osório Furlan com silêncio na sessão

Vereadores e vereadoras e demais presentes se colocaram em pé e mantiveram um minuto de silêncio

 

 

 

A sessão da Câmara de Toledo nesta segunda-feira, dia 29 de junho, homenageou com um minuto de silêncio o empresário Osório Furlan, que faleceu no domingo, dia 28 de junho, em São Paulo, de causas naturais.

O empresário Osório Henrique Furlan, ex-diretor da Sadia, era pai do presidente do Grupo de Líderes Empresariais (Lide) e ex-ministro do Desenvolvimento Industrial e Comércio Exterior no governo Luiz Inácio Lula da Silva, Luiz Fernando Furlan. A homenagem na sessão da Câmara de Toledo foi solicitada pelo vereador Leoclides Bisognin, lembrando sua atuação na Sadia e a chegada da empresa em Toledo nos anos 60. Em seguida o presidente da sessão, o vice-presidente da Câmara de Toledo, Gabriel Baierle, solicitou aos vereadores e vereadoras e demais presentes que se colocassem em pé e mantivessem um minuto de silêncio.

O empresário Osório Furlan, é irmão do ex-diretor da Frigobrás e Sadia Pedrinho Furlan, tinha 97 anos e atuou na Sadia em Concórdia por 23 anos e depois se fixou em São Paulo, onde trabalhou na expansão da empresa no Brasil e exterior.

Nascido em Caxias do Sul (RS), em 31 de julho de 1922, foi um dos pioneiros da empresa de alimentos Sadia.

Neto de imigrantes italianos, Furlan se tornou arrimo de família devido a uma doença do pai. Em 1944, já casado com Lucy Fontana Furlan, mudou-se para Concórdia (SC) para trabalhar com o sogro Attilio Fontana, na recém-inaugurada Sadia-S.A. Concórdia. Na empresa que em 1964 adquiriu o Frigorífico Pioneiro em Toledo, Osório Furlan desempenhou múltiplas atividades e, aos 23 anos, assumiu a função de diretor-gerente.

Sempre em busca de conhecimentos, aos 47 anos, ele decidiu estudar direito junto com o filho Osório Henrique Furlan Júnior e se tornou bacharel aos 50 anos de idade.

Furlan era um leitor ávido, um hábito que cultivava desde criança por influência da mãe, Jacomina, também sua primeira professora.

Do pai, Gotardo, herdou o espírito empreendedor, sua marca na trajetória de empresário. Gotardo Furlan além de Osório teve ainda os filhos Paulino, Pedrinho e Vasco.

Osório Furlan deixou a empresa em 2007, quando era vice-presidente do Conselho de Administração da Sadia. Nos últimos anos, embora aposentado, ainda acompanhou todas as transformações da empresa, incluindo a fusão em 2009 com a Perdigão, que formou a BRF. Continuou acionista da companhia e, juntamente com a esposa, sempre acompanhou as variações das ações na Bolsa de Valores.

Osório Furlan foi sepultado domingo em São Paulo, no Cemitério Morumbi, e deixou a esposa Lucy, companheira por 76 anos, os filhos Osório Henrique Júnior, Luiz Fernando, Diva, Lucila e Leila, 11 netos e 18 bisnetos.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.