Câmara aprecia homenagem à servidora toledana Regina Ikeda Angnes

por Paulo Torres publicado 16/06/2020 14h55, última modificação 16/06/2020 21h57
A Câmara de Toledo está apreciando o Projeto de Resolução n°4, da Mesa Diretora, que outorga a Medalha Willy Barth à servidora toledana aposentada Regina Nanami Ikeda Angnes por sua atuação no serviço público municipal. A homenagem foi proposta “em reconhecimento e gratidão pela dedicação e empenho no exercício de suas funções no serviço público municipal e por sua contribuição para o desenvolvimento do Município de Toledo". Regina ingressou no serviço público municipal em 1985, seguindo o exemplo do pai, Ikeda Massatomo, que foi servidor público por 34 anos, sendo graduada pela Unioeste em Ciências Econômicas e pós-graduada, também pela Unioeste, em Planejamento municipal e políticas públicas.
Câmara aprecia homenagem à servidora toledana Regina Ikeda Angnes

Regina Ikeda Angnes (2ª à esq.) com a então secretária de Planejamento (in memoriam) Ione Bernhard, o então prefeito José Carlos Schiavinato e o então presidente da Câmara, Adelar Holsbach e vereadores na entrega do projeto da LDO 2012

A Câmara de Toledo está apreciando o Projeto de Resolução n°4, da Mesa Diretora, que outorga a Medalha Willy Barth à servidora toledana aposentada Regina Nanami Ikeda Angnes por sua atuação no serviço público municipal. A proposta foi indicada à Câmara pelo Poder Executivo por meio do Ofício n° 274/2020-GAB, de 30 de abril, ondo o chefe do Poder Executivo, Lucio de Marchi, indica a servidora pública aposentada como personalidade toledana para a outorga da Medalha "Willy Barth". A homenagem foi proposta “em reconhecimento e gratidão pela dedicação e empenho no exercício de suas funções no serviço público municipal e por sua contribuição para o desenvolvimento do Município de Toledo".

Nascida em Toledo em 1966, Regina é filha de Ikeda Massatomo e Reiko Sugeno Massatomo e após estudar no Colégio Vicentino Incomar nos primeiros anos escolares fez o ginásio no Colégio Estadual Dario Vellozo e depois o Curso Técnico em Contabilidade no Colégio La Salle. Regina ingressou no serviço público municipal em 1985, seguindo o exemplo do pai, Ikeda Massatomo, que foi servidor público por 34 anos e se aposentou em 1997. Após graduar-se pela Unioeste em Ciências Econômicas em 1989, Regina Ikeda ainda realizou pós-graduação em Planejamento municipal e políticas públicas pela Unioeste Toledo.

No serviço público toledano começou no setor de empenho, no Departamento de Contabilidade na Secretaria de Finanças, durante a primeira administração do prefeito Albino Corazza Neto. Na administração do prefeito Luiz Alberto de Araújo foi nomeada diretora do Departamento de Orçamento e depois, na administração do prefeito Derli Donin, foi diretora do Departamento de Projetos, da Secretaria de Planejamento. Nas gestões do prefeito José Carlos Schiavinato e na administração do prefeito Beto Lunitti foi diretora do Departamento de Orçamento, vinculado à Secretaria de Planejamento. Já em 2018, por alguns meses, antes do afastamento por problemas de saúde, foi diretora do Departamento de Orçamento na administração do prefeito Lucio de Marchi.
Aposentou-se por idade e tempo de contribuição em 13 de abril de 2018, com quase 33 anos de serviço somente na Prefeitura de Toledo, no cargo de analista em administração e planejamento. Casada com Neivo Angnes, Regina teve as filhas Bárbara Ikeda Angnes e Valentina Ikeda Angnes.

A proposta de homenagem, “em reconhecimento e gratidão pela dedicação e empenho no exercício de suas funções no serviço público municipal e por sua contribuição para o desenvolvimento do Município de Toledo”, foi apresentada na Câmara de Toledo em 20 de maio, quando foi lida em plenário e em seguida despachada pelo presidente da Câmara, Antônio Zóio, às Comissões Permanentes para sua apreciação inicial. Na CLR-Comissão de Legislação e Redação, o presidente Renato Reimann designou como relatora Janice Salvador, que apresentou relatório favorável em 2 de junho.

“Regina Nanami lkeda Angnes, servidora aposentada da Municipalidade toledana, configura-se em ícone na função que ocupou por praticamente toda a carreira no serviço público municipal, seja pela capacidade, dedicação e competência, seja pela grande habilidade no planejamento e controle da execução orçamentária”, apontou a relatora. “Reconhecida pelas diversas Administrações Municipais em que atuou ao longo da sua carreira, Regina teve influência na formação de muitos colegas e deixou marca indelével na vida de todos quantos com ela trabalharam, direta ou indiretamente. Esta homenagem, portanto, reveste-se de grande justiça e, para além disso, em extensão, numa maneira de reconhecer o trabalho de tantas mulheres que passaram pelo serviço público municipal e deixaram um legado cujas marcas basilares são o trabalho e a seriedade — constituindo-se num exemplo a ser seguido para as futuras gerações. É o relatório”, finaliza o documento, que obteve ainda o voto favorável de Renato Reimann, Gabriel Baierle e Vagner Delabio, enquanto Leoclides Bisognin não votou.

Aprovado na CLR, em seguida o projeto foi encaminhado à apreciação da CEC-Comissão de Educação, Cultura e Desportos. A CEC é integrada pelos vereadores Janice Salvador, presidente; Marcos Zanetti, vice-presidente; Pedro Varela, secretário e Leoclides Bisognin e Marly Zanete como membros. Cabe à presidente Janice Salvador designar relator para a matéria, que depois segue a plenário para a apreciação final.

 

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.