Prefeito expõe à Câmara situação e projetos para 2021 e mandato

por Paulo Torres publicado 08/02/2021 16h45, última modificação 11/02/2021 15h27
A Câmara de Toledo abriu as sessões ordinárias da sessão legislativa de 2021 na segunda-feira, dia 8 de fevereiro, ouvindo o prefeito Beto Lunitti, que expôs a situação do município e anunciou projeto a ser mandado em regime de urgência para reurbanização do Distrito de Bom Princípio com investimento de R$ 5,2 milhões, além de afirmar que pretende fazer a abertura e funcionamento do Hospital Regional. O prefeito também disse aos vereadores que pretende fazer reforma do Centro de Eventos Ismael Sperafico e que o custo de funcionamento do Parque das Águas “extrapola o que é suportável pelo gestor público”.
Prefeito expõe à Câmara situação e projetos para 2021 e mandato

Atendendo a Lei Orgânica, prefeito Beto Lunitti expôs situação e projetos aos vereadores

 

 

 

A Câmara de Toledo abriu as sessões ordinárias da sessão legislativa de 2021 na segunda-feira, dia 8 de fevereiro, ouvindo o prefeito Beto Lunitti, que expôs a situação do município e anunciou projeto a ser mandado em regime de urgência para reurbanização do Distrito de Bom Princípio com investimento de R$ 5,2 milhões, além de afirmar que pretende fazer a abertura e funcionamento do Hospital Regional. O prefeito também disse aos vereadores que pretende fazer reforma do Centro de Eventos Ismael Sperafico e que o custo de funcionamento do Parque das Águas “extrapola o que é suportável pelo gestor público”. Beto Lunitti também informou ao Poder Legislativo que o IPTU teve lançados R$ 13,466 milhões a menos e embora tenham sido feitos dois estudos para rever a Planta de Valores nenhum foi enviado à Câmara pelo então prefeito e agora pretende fazer uma discussão sobre justiça fiscal. O novo prefeito anunciou ainda aos vereadores que vai enviar projeto de lei para tentar resgatar quase R$ 100 milhões da dívida ativa de cerca de R$ 130 milhões. Para isto quer ampliar o prazo de pagamento dos atuais 60 meses para até dez anos. “Não estamos dando desconto, estamos esticando o prazo”, disse Beto Lunitti, afirmando que pretende assim arrecadar estes valores e atender quem tem problema de certidão e outros.

Sobre o projeto de reurbanização em Bom Princípio o prefeito Beto Lunitti disse aos vereadores que na sexta-feira foi realizada audiência pública com a comunidade e a sede será uma das mais bonitas do município, contando também com ciclovia, pista de caminhada e iluminação com lâmpadas de led. Sobre o Hospital Regional o prefeito disse que desde agosto está sendo licitada a contratação de um engenheiro para a obra, afirmando que não pretende ficar olhando para trás, anunciando também a intenção de instalar a UPA da Vila Pioneiro com ala pediátrica, além de uma grande unidade de saúde e equipe de Saúde da Família. Beto Lunitti informou ainda aos vereadores que além do CMEI de Vila Nova, deixado pela administração anterior, quer entregar o CMEI de Dez de Maio. Sobre a educação comentou ainda a intenção de realizar um trabalho para que o aluno atendido pelo Município de Toledo do 1° ao 5° ano não seja esquecido no 6°, 7° ano e Ensino Médio. “Não podemos deixar passar o cavalo encilhado que é o Biopark”, afirmou Beto Lunitti, destacando o investimento em educação para o desenvolvimento e valores familiares. O prefeito lembrou a revisão do Plano Municipal de Educação e disse que são necessários sabedoria e discernimento “para não nos pautarmos em razões de ordem rasa”.

O prefeito defendeu ainda a atenção ao CSU-Centro Social Urbano da Grande Pioneiro para implantar algo novo e defendeu no meio ambiente “ações concretas e objetivas” e a coleta de 100% dos materiais recicláveis, além da reestruturação do trânsito e lembrou a revisão do Plano Diretor, onde acredita que são necessárias mudanças. Beto Lunitti porém disse que o Plano Diretor deve ser consistente, contemplando não apenas aspectos imobiliários, mas também de educação, saúde e todas as políticas públicas que possam contribuir para a qualidade de vida da população de Toledo. Beto Lunitti também falou aos vereadores do Parque Industrial João Bortolotto, dizendo que não há como aceitar uma imposição, que considera um absurdo, afirmando que determinou ao secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento Diego Bonaldo encaminhar uma proposta ao Ministério Público para cumprir a prerrogativa de incentivar o desenvolvimento econômico. O prefeito anunciou ainda aos vereadores o programa Fundo de Estábulo, que pretende incentivar a pecuária leiteira a melhorar a genética e atingir os primeiros lugares no Paraná, cobrando ainda do setor e eventos e lazer pelo que viu nas redes sociais no fim de semana. Lembrando a pandemia e homenageando as 120 famílias que perderam membros para a Covid-19, inclusive o presidente da Câmara de Vereadores, Beto Lunitti disse que quer “conversar com este pessoal, pois alguns setores não estão cuidando da sua parte”, destacando ainda que Toledo concluiu mais uma etapa da vacinação contra a Covid-19 e alcançou 2.660 toledanos vacinados.

O prefeito Beto Lunitti também comentou participação na abertura do ano letivo no Teatro Municipal. O prefeito compareceu à Câmara de Toledo acompanhado de secretários e assessores, entre os quais o da Fazenda Neuroci Frizzo, o de Comunicação Social Márcio Pena Borges, além de Jadyr Donin e o contador Milton Endler, que expôs os números das contas municipais aos vereadores.

O Poder Executivo também enviou à Câmara de Toledo o Ofício 0088/2021 — GAB, de 8 de fevereiro, que apresenta a situação do Município e o Plano de Governo para o exercício de 2021, disponibilizado no Portal da Transparência no portal da Câmara Municipal de Toledo.

Confira no vídeo a íntegra da primeira sessão ordinária da Câmara de Toledo

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.