Estudantes vêm à Câmara após desocupações de escolas

por Paulo Torres publicado 10/11/2016 10h35, última modificação 10/11/2016 14h11
Um grupo de dezenas de estudantes de duas das escolas estaduais que foram ocupadas em protesto contra a PEC- Proposta de Emenda à Constituição nº 55 participou da sessão ordinária da Câmara Municipal na segunda-feira, dia 7. Os estudantes do Colégio Estadual Morais Rego e do Cesaf-Colégio Estadual Attílio Fontana, desocupados na quinta-feira e no domingo em função de medida de reintegração de posse concedida ao governo estadual pela Justiça, acompanharam a sessão e foram elogiados pela decisão pelo vereador Professor Cido.
Estudantes vêm à Câmara após desocupações de escolas

Estudantes acompanharam a sessão da Câmara Municipal na segunda-feira

 

Um grupo de dezenas de estudantes de duas das escolas estaduais que foram ocupadas em protesto contra a PEC- Proposta de Emenda à Constituição nº 55 participou da sessão ordinária da Câmara Municipal na segunda-feira, dia 7. Proposta de Emenda à Constituição nº 55 recebeu na Câmara dos Deputados o nº 241 e congela os gastos federais, inclusive os com educação, pelos próximos 20 anos e resultou na maior onda de ocupações de universidades da história, com 168 universidades ocupadas por estudantes, segundo a UNE, e mais de 1.200 instituições de ensino, incluindo onze em Toledo. O protesto inclui ainda a Medida Provisória nº 476, que reforma o Ensino Médio.

 

Os estudantes do Colégio Estadual Morais Rego e do Cesaf-Colégio Estadual Attílio Fontana, desocupados na quinta-feira e no domingo em função de medida de reintegração de posse concedida ao governo estadual pela Justiça, acompanharam a sessão e motivaram manifestações de vereadores, recebendo o apoio do vereador Aparecido Cardoso, o Professor Cido.

Com vários anos de atuação no magistério em Toledo e região, ele parabenizou os estudantes enquanto professor pela atitude que tiveram, destacando que na história do Brasil eles marcaram presença. “As grandes lideranças e nos grandes movimentos que nortearam e mudaram este país começaram na escola”, disse o vereador, lembrando o papel dos estudantes na campanha pelas eleições diretas nos anos 80. Ele disse que então o jovem foi para a rua e não dá para cruzar os braços e ficar esperando em momentos como estes, destacando que isso ensina cidadania e forma lideranças.

Professor Cido disse que é preciso construir lideranças que façam a diferença, destacando que quase todas as escolas de Toledo foram ocupadas, mas que em muitas delas os estudantes não aguentaram a pressão. O professor porém destacou que é preciso saber avaliar o momento e os estudantes agiram de forma correta ao desocupar. “Vocês tiveram a grande sabedoria de saber que era o momento”, afirmou o vereador na tribuna, elogiando a sensibilidade dos estudantes e destacando o que aprenderam neste movimento. “Parabéns, porque hoje todas as escolas estão abertas e isso vai fazer a diferença no futuro de vocês”, disse. Ele criticou a dificuldade

para formação de comissão para analisar a PEC no Congresso e disse que sem os estudantes estas lideranças vão continuar fazendo o que querem do País e é preciso passar o Brasil a limpo. Para o vereador professor o movimento dos estudantes é como um trabalho escolar. “A redação está feita, falta passar a limpo, limpar daqui dois, quatro anos, com o título de eleitor que muitos de vocês ainda não têm”, afirmou o vereador.

IMG_6293a.jpg

error while rendering plone.comments