Vereadores fazem minuto de silêncio pelo médico Rafael Patiño

por Paulo Torres publicado 30/03/2020 15h45, última modificação 06/04/2020 11h57
A sessão da Câmara de Toledo nesta segunda-feira, dia 30 de março, homenageou com um minuto de silêncio o médico Rafael Patiño, falecido no fim de semana, em homenagem solicitada pelo vereador Leandro Moura. A homenagem reuniu apenas 17 dos vereadores e servidores da Câmara, uma vez que a presença de público está vedada devido à pandemia e os quatro vereadores maiores de 60 anos foram liberados do comparecimento por integrarem grupo de risco e dois optaram por se resguardar.
Vereadores fazem minuto de silêncio pelo médico Rafael Patiño

Vereadores e vereadoras mantiveram um minuto de silêncio em homenagem ao médico falecido

A sessão da Câmara de Toledo nesta segunda-feira, dia 30 de março, homenageou com um minuto de silêncio o médico Rafael Patiño, falecido no fim de semana, em homenagem solicitada pelo vereador Leandro Moura. A homenagem reuniu apenas 17 dos vereadores e servidores da Câmara, uma vez que a presença de público está vedada devido à pandemia e os vereadores maiores de 60 anos foram liberados do comparecimento por integrarem grupo de risco e Albino Corazza e Walmor Lodi optaram por se resguardar.

Rafael Azambuja Patiño Cruzatti, 48 anos, era médico urologista com mais de 20 anos de atuação em Toledo. O médico lutava contra um câncer no pâncreas e faleceu no início da tarde de sexta-feira, dia 27, no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba, após complicações em cirurgia para retirada de tumor do pâncreas. O corpo foi transladado para Toledo para velório e sepultamento, realizado no sábado, dia 28.

O urologista era filho do também médico Frederico Patiño Cruzatti, já falecido, e da professora Maria Azambuja Patiño Cruzatti, homenageada no ano passado, em 13 de dezembro, com o Título de Cidadania Honorária na Câmara de Toledo. Casado com Hayeska Vitti Patiño Cruzatti, Rafael Patiño tinha três filhos.

error while rendering plone.comments