Itens modificados

Todos os itens recentemente modificados, começando pelo último.
Audiência na Câmara Municipal debate a saúde por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
As aplicações em saúde em Toledo no ano de 2012 atingiram 25,41% das receitas consideradas para o setor, que somaram R$ 158,14 milhões contra percentuais de 20,58% em 2011; 19,69% em 2010; 19,15% em 2009 e 17,28% em 2008. Os dados foram expostos pelo secretário da Saúde, Edson Simionato, durante audiência pública realizada pela Câmara Municipal no último dia 27 para apreciar as contas do setor, conforme prevê a Lei Complementar 141, que regulamentou a emenda 29. A audiência foi conduzida pela Comissão da Saúde e Seguridade Social, através dos vereadores Ademar Dorfschmidt, Expedito Ferreira, Marcos Zanetti e Neudi Mosconi, além da presença dos vereadores Sueli Guerra e Tita Furlan. Comentando os números expostos Simionato disse que nas receitas para a saúde deve-se incluir também os honorários de sucumbência, que devem motivar projeto de lei a ser enviado à Câmara Municipal. O secretário disse que a saúde de Toledo está na UTI.
Audiência mostra superávit e folha em 51,21% por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
A Câmara Municipal realizou audiência pública sobre as contas municipais de Toledo no período janeiro a abril, conforme a Lei de Responsabilidade Fiscal, a qual apontou um superávit de R$ 26 milhões com um crescimento das receitas de 2,27% neste ano em relação ao anterior mas que os gastos com pessoal atingiram 51,21% das receitas diante de um limite prudencial de 51,30%. A audiência foi realizada pela Comissão de Orçamento e Finanças e contou com a presença do presidente da Câmara, Adriano Remonti. Os números foram expostos pelo prefeito Luís Adalberto Beto Lunitti Pagnussatt, acompanhado do secretário da Fazenda, Neuroci Frizzo e dos diretores Luiz Gilberto Birck e Milton Endler, os quais em seguida passaram a responder dúvidas dos vereadores.
Audiência na Câmara mostra dados da saúde de Toledo por imprensa2, última atualização: 03/12/2014 09h28
Os gastos com saúde em Toledo chegaram a 18,06% das receitas no segundo trimestre do ano, segundo dados expostos na Câmara de Vereadores. Toledo destinou R$ 68,87 por habitante no primeiro trimestre, enquanto no segundo o valor chegou a R$ 74,43 para cada um dos 120.166 habitantes. Os dados também mostram que a maioria das crianças nascidas até junho são filhas de mulheres solteiras. Na mortalidade materna a taxa caiu de 62 mortes por mil nascidos vivos no ano passado para zero neste ano, enquanto a mortalidade infantil foi de 10,25 mortes por mil nascidos vivos, com nove óbitos. Entre os adultos a maior causa de mortes são as doenças circulatórias, vindo depois as respiratórias e em seguida a violência.
Audiência expõe dados da saúde sexta por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
A Câmara de Vereadores realiza na sexta-feira, dia 31, às 18:30h, audiência pública de prestação de contas do setor de saúde, conforme prevê a Lei Complementar nº 141. Os dados do setor no período de janeiro a abril serão expostos pela Secretaria da Saúde e acompanhados pelos vereadores da Comissão de Saúde e Seguridade Social da Câmara Municipal e é aberta aos interessados. A Comissão é presidida por Marcos Zanetti e assumiu atribuições da COES-Comissão da Ordem Econômica e Social na área de saúde, tendo ainda como integrantes o vice-presidente Renato Reimann, o secretário Ademar Dorfschmidt e como membros Expedito Ferreira e Neudi Mosconi.
Audiência na Câmara expõe dados da saúde de maio a agosto por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
 
Audiência na Câmara expõe dados da Saúde por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
A Câmara Municipal realiza nesta sexta-feira, dia 27, às 18:30h, audiência pública para a exposição dos dados a respeito do setor de saúde de Toledo no período de maio a agosto. A audiência está a cargo da Comissão de Saúde e Seguridade Social, presidida pelo vereador Marcos Zanetti, tendo como vice-presidente Renato Reimann e secretário Ademar Dorfschmidt, além dos membros Neudi Mosconi e Expedito Ferreira. Em função da licença de Renato Reimann assumiu seu posto na Comissão de Saúde e Seguridade Social o suplente Alcídio Pastorio. A audiência deverá contar com a presença do secretário da pasta, Edson Simionato, além da assessora especial de Saúde, Denise Campos e assessores.
Audiência na Câmara de Vereadores discute zoneamento e altura dos prédios por imprensa2, última atualização: 03/12/2014 09h28
A Câmara de Vereadores de Toledo realiza no próximo dia 5 de abril, às 20h, uma audiência pública para discutir três Projetos de Lei que vai votar em breve e que afetam o parcelamento do solo urbano, o sistema viário e o zoneamento do uso e da ocupação do solo urbano. Os projetos nº 215, 216 e 217 atingem áreas como a Zona do Lago I e Zona do Lago II.
Audiência na Câmara discute honorários de sucumbência por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
 
Audiência na Câmara debate zoneamento e vias junto aos lagos por imprensa2, última atualização: 03/12/2014 09h28
A Câmara de Vereadores realizou uma audiência pública para ouvir a comunidade a respeito de três Projetos de Lei que alteram o parcelamento do solo urbano, o sistema viário e o zoneamento do uso e da ocupação do solo urbano, os PLs 215, 216 e 217. Participaram representantes de diversos segmentos, entidades e organismos, além de moradores, profissionais da construção civil e empreendedores da área imobiliária. Entre as preocupações expressas estão a questão da preservação das características de lazer e convívio dos entornos dos lagos do Parque do Povo e do Parque Ecológico e a maximização do valor dos lotes.
Audiência na Câmara debate Plano de Resíduos por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
 
Audiência na Câmara debate controle de animais por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
Uma audiência na Câmara Municipal nesta quinta-feira, dia 20 de novembro, às 18:30h, vai debater com a comunidade sobre a proteção e defesa dos animais em Toledo. Uma proposta a respeito está tramitando no Legislativo sob a forma do Projeto de Lei nº 159, o qual “autoriza o Poder Executivo a instituir o Programa Municipal de Defesa e Proteção Animal e estabelece critérios para a sua execução”. A audiência está a cargo da Comissão do Meio Ambiente, que é presidida pelo vereador Tita Furlan, tendo como vice-presidente Rogério Massing e como secretário Vagner Delabio, além dos membros Luiz Carlos Johann e Genivaldo Paes.
Audiência na Câmara debate animais nas ruas por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
 
Audiência expõe dados da saúde aos vereadores por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
A Câmara Municipal realizou audiência pública que expôs as ações e números da saúde no último trimestre de 2011 e o balanço do ano. A audiência foi realizada pela Comissão da Ordem Econômica e Social-COES e os números mostram um crescimento dos recursos destinados à saúde, que atingiram no quarto trimestre 20,58%. A maior despesa empenhada no quarto trimestre foi com pessoal e encargos, atingindo R$ 7,3 milhões, vindo em segundo lugar o consórcio Ciscopar, com R$ 1,03 milhão e depois construção, reforma e aquisição de imóveis, com R$ 534 mil. O relatório também mostrou que Toledo teve 1.693 nascimentos no ano passado, sendo que do total 89,20% dos bebês nasceram com 37 a 41 semanas de gestação, enquanto 9,03% nasceram com 32 a 36 semanas. Os dados apresentados à Câmara de Vereadores também mostram que 1.040 bebês tinham entre 3 e 3,9 quilos, enquanto 70 tinham 4 quilos ou mais. Já a faixa etária das mães no pré-natal mostra que 782 tinham entre 25 e 34 anos, enquanto 448 tinham entre 20 e 24 anos e 257 de 15 a 19 anos e 16 grávidas tinham 14 anos. Nos óbitos foram registrados 687 casos no ano passado, sendo a maior causa as doenças do aparelho circulatório, que responderam por 27% das mortes, enquanto as doenças do aparelho respiratório atingiram 16,4%, seguidas de perto pelas chamadas causas externas e tumores, com 15,3% cada uma.
Audiência expõe dados da saúde na Câmara Municipal por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
 
Audiência expõe dados da saúde de Toledo na Câmara por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
A Câmara Municipal realizou audiência pública na sexta-feira, dia 28, às 16h, para a exposição das contas do setor de saúde municipal. A audiência no Auditório Acary de Oliveira, no Paço Municipal de Toledo, foi conduzida pela COES-Comissão da Ordem Econômica e Social, presidida interinamente pela vereadora Sueli Guerra e acompanhada pelos membros Expedito Ferreira, Paulo dos Santos e Renato Reimann, além do vereador Ademar Dorfschmidt. A secretária da Saúde, Noeli Salete Fornari Borges de Carvalho, acompanhada de diretores e assessores, falou aos vereadores do trabalho realizado de maio a agosto pela pasta. A secretária enumerou os atendimentos, investimentos, nascimentos e mortalidade no período e avaliou como preocupante o número de mortes por causas externas.
Audiência dia 7 debate projeto do Centro Dia do Idoso por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
 
Audiência dia 22 recebe sugestões à LOA por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
A Câmara realiza audiência pública no dia 22, às 18h, para ouvir a sociedade organizada sobre o projeto da LOA-Lei Orçamentária Anual. A audiência está a cargo da Comissão de Finanças e Orçamento, a qual é responsável pela tramitação da proposta da lei orçamentária, estando atualmente divulgando a audiência através de edital e convites às entidades. O projeto orçamentário para 2015 foi entregue à Câmara Municipal no último dia 30, sendo imediatamente repassado à CFO, cujo presidente anunciou como relator o vereador Marcos Zanetti.
Audiência quer integrar esforços contra drogas por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
“Não podemos perder nossas crianças e nossos jovens para as drogas”, disse o presidente do Comad-Conselho Municipal Anti-Drogas, Celso Lagni, na audiência pública da Câmara Municipal para discutir as drogas ilícitas no município. O evento reuniu vereadores, autoridades, lideranças e profissionais da educação, saúde e assistência social e definiu a necessidade de integrar os esforços existentes em várias frentes. Coordenada pela Comissão Especial da Câmara presidida por Ademar Dorfschmidt e tendo como relator Luís Fritzen, além, dos membros Leoclides Bisognin, Paulo dos Santos e Adelar Holsbach, a audiência debateu durante mais de duas horas. “Tenho a sensação a cada dia mais latente de que estou enxugando gelo”,disse o juiz da Vara da Infância e Adolescência Rodrigo Rodrigues Dias, que provocou a audiência pública ao relatar à Câmara sua preocupação com o quadro das drogas no município.
Câmara avalia adiar audiência sobre a LDO por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
A Câmara Municipal de Toledo realizaria audiência pública na quarta-feira, dia 3 de julho, para ouvir sugestões da sociedade à LDO-Lei de Diretrizes Orçamentárias, que fixa metas e estabelece prioridades para a lei orçamentária de 2014. A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal, que analisa o projeto da LDO, solicitou a prorrogação dos prazos para sua análise. O motivo é a tramitação também do projeto do PPA-Plano Plurianual, visando evitar transtornos regimentais e legislativos. A nova data solicitada é no dia 9 de agosto, sexta-feira, às 19h, no Plenário e Auditório Edílio Ferreira. A audiência será realizada na Câmara Municipal a partir das 19h, pela Comissão de Finanças e Orçamento. O texto da LDO foi entregue à Câmara no último dia 14 pelo Executivo e foi transformado no Projeto de Lei nº 114.
Audiência na Câmara debate animais nas ruas por Paulo Torres, última atualização: 03/12/2014 09h28
A população de cães e gatos solta nas ruas de Toledo deve merecer atenção visando controlar sua multiplicação e garantir a segurança e saúde dos toledanos. Esta foi a principal conclusão da audiência pública realizada pela Câmara Municipal e que lotou o auditório da Prefeitura de Toledo na noite de terça-feira. O presidente da comissão da Câmara que organizou a audiência, Leoclides Bisognin, destacou a presença de público, a maior que viu em audiências em 19 anos de vereador. O presidente da Câmara, Adelar Holsbach, lembrou que há muitos anos se discute o problema sem se chegar a um denominador comum. No debate foi lembrada proposta de criar o Canil Municipal e outras tentativas de ação e ao final foi definida uma comissão para formatar a proposta para o problema.