Vereadores solicitam licença para afastamento

por Paulo Torres publicado 03/12/2014 09h27, última modificação 03/12/2014 09h30
Ademar Dorfschmidt (PMDB) e Leoclides Bisognin (PMDB) pedem afastamento por 30 dias para tratar de assuntos particulares

Os vereadores Ademar Dorfschmidt (PMDB) e Leoclides Bisognin (PMDB), integrantes únicos da bancada peemedebista da Câmara Municipal de Toledo, apresentaram pedidos de licença para afastamento do cargo por 30 dias, contados a partir de 1° de agosto, para tratar de interesses particulares. A solicitação foi pronunciada oficialmente pelo presidente do Legislativo, Renato Reimann, durante a sessão ordinária da última segunda-feira – dia 5.

Em agosto, com o afastamento dos vereadores, as suplentes Sueli Guerra e Rosali Campos serão convocadas para assumir as vagas.

O Regimento Interno da Câmara prevê a concessão de licença a vereadores “para tratar, sem remuneração, de interesse particular, desde que o afastamento não ultrapasse cento e vinte dias por sessão legislativa”. O período mínimo do afastamento deve ser de 30 dias.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.