Dal Bosco agradece homenagem na Tribuna Livre

por Paulo Torres publicado 02/07/2018 15h55, última modificação 03/07/2018 14h49
A Tribuna Livre da Câmara de Toledo nesta segunda-feira, dia 2 de julho, foi usada pelo Sescap-Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas, através de seu presidente, Alceu Dal Bosco. Ele agradeceu aos vereadores pela moção de aplausos por sua posse, através do Requerimento 99/2018, destacando que é importante receber este tipo de manifestação quando alguém se dedica em cargos sem remuneração. Dal Bosco exercia o cargo de assessor de Governo em Toledo e assumiu o Sescap em 2 de abril, com mandato de 4 anos.
Dal Bosco agradece homenagem na Tribuna Livre

Dal Bosco, presidente do Sescap Paraná, recebeu homenagem dos vereadores no saguão da Câmara de Toledo

 

 

A Tribuna Livre da Câmara de Toledo nesta segunda-feira, dia 2 de julho, foi usada pelo Sescap-Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas, através de seu presidente, Alceu Dal Bosco. Ele agradeceu aos vereadores pela moção de aplausos por sua posse, através do  Requerimento 99/2018, apresentado em 28 de março e entregue em sua visita, destacando que é importante receber este tipo de manifestação quando alguém se dedica em cargos sem remuneração. Dal Bosco, que anteriormente exercia o cargo de assessor de Governo em Toledo, assumiu o Sescap em 2 de abril, com mandato de 4 anos,

Dal Bosco compareceu à Câmara ao lado de sua esposa Márcia; do presidente do Sincoeste, Ederson Claiton Moraes; do diretor do Sescap de Toledo, Leandro Ramos; além do diretor do Sescap Narciso Müller e do ex-presidente da Acit Edson Carollo e do atual presidente, Marcos Destefeni. Dal Bosco, que também presidiu a Acit, relatou que o Sescap vai completar 30 anos em 9 de setembro e hoje representa 94 atividades que reúnem 36 mil empresas. O presidente do Sescap falou da reforma trabalhista e o fim do imposto sindical, dizendo que a entidade tinha parte de sua renda originária da contribuição sindical e com o fim dela conta só com produtos e serviços, que são o foco da atuação do Sescap. Dal Bosco apontou neste sentido que a entidade realizou 320 eventos entre cursos e palestras em 2017 e neste ano já são 80 eventos voltados a equipes e empresários.

Dal Bosco disse que o Brasil tinha 17.289 sindicatos, dos quais 11.867 laborais e 5.408 de empregadores. Para o presidente do Sescap dos 17,2 mil sindicatos 17 mil não funcionavam, levando à situação atual, com aversão total a sindicatos, mas entendendo que há muitos sindicatos bons e eles são necessários, principalmente os laborais. Para ele a reforma trabalhista poderia ser feita ao longo de 2 a 3 anos para permitir a adequação das entidades sindicais. Para ele as entidades precisam atuar, a exemplo do que tem feito o Sescap, através de uma série de eventos e iniciativas.

Alceu Dal Bosco relatou exemplos como a campanha Declare Certo, que iniciou em Toledo e foi ampliada a todo o Paraná; o recolhimento de lixo eletrônico, que já recolheu 495 toneladas em 8 anos no Paraná, além de participação em iniciativas como a campanha do agasalho, Outubro Rosa, Novembro Azul e outras. O presidente do Sescap disse que largou a política e a atividade que exercia em Toledo para se dedicar e que são quase 30 anos de atuação contábil, entendendo que é importante darmos nossa parcela de contribuição para a sociedade.IMG_3207a.JPG

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.